Peças para o próximo leilão

748 Itens encontrados

Página:

  • Saint Louis. 2 garrafas em cristal finamente lapidado e dourado. Marcas da manufatura na base. França, princípio do Séc. XX. 28 e 36 cm de altura. (Devido a fragilidade desse lote, seu envio só será realizado através de transportadora especializada).
  • Saint Louis. Conjunto de sete cálices para vinho tinto em cristal finamente lapidado e dourado. Marcas da manufatura na base. França, princípio do Séc. XX. 18 cm de altura.  (Devido a fragilidade desse lote, seu envio só será realizado através de transportadora especializada).
  • Saint Louis. Raríssimo conjunto de oito cálices de celebração em cristal finamente lapidado e dourado. marcas da manufatura na base. França, princípio do Séc. XX. 26,5 cm de altura. (Devido a fragilidade desse lote, seu envio só será realizado através de transportadora especializada).
  • Grande travessa em porcelana azul e branca dita Macau. China, Qing, Daoguang (1821-1850). 39 x 32 cm. (Devido a fragilidade desse lote, seu envio só será realizado através de transportadora especializada).
  • Grande travessa em porcelana Cia. das Índias azul e branca, decoração com pagodes e vegetações. China, Qing, Qianlong (1735-1795), Séc. XVIII. Apresenta mínimo fio de cabelo. 40 x 33 cm. (Devido a fragilidade desse lote, seu envio só será realizado através de transportadora especializada). Chama-se Companhia das Índias a porcelana produzida na China por encomenda e com formas ou decoração ao gosto ocidental, transportada pelos navios das diversas Companhias das Índias - inglesa, francesa, holandesa, sueca etc. -, ativas entre os Sécs. XVII e começos do XIX. Nas porcelanas policromadas, ocorrem dois tipos principais de decoração: a Família Verde, surgida em fins do Séc. XVII sob o reinado do Imperador Kangxi (falecido em 1722), e a Família Rosa, caracterizada pela utilização de um esmalte de cor rósea, surgida mais ou menos em 1720 e que se estenderia por todo o reinado do Imperador Qianlong (1736-1795). Flores, pássaros e figuras humanas constituem a decoração preponderante nessas porcelanas. Além desses dois, existem, porém, outros tipos de decoração policromada, como por exemplo a Família Negra, que consiste na esmaltagem sobre fundo negro; a Café com Leite, na cor castanha, também chamada porcelana de Batávia porque era exportada através do porto de Batávia, em Java; e o Imari chinês, cuja decoração imita as porcelanas japonesas produzidas em Arita, na província de Hizen. Inúmeros serviços de jantar ou de chá e café em porcelana Companhia das Índias foram encomendados por nobres ingleses, franceses, alemães, holandeses, portugueses etc. e exibem suas armas ou brasões. De notar que os portugueses foram os primeiros europeus a encomendar à China peças de porcelana exibindo suas armas, sendo que as mais antigas remontam ao reinado do Imperador Zhengde (1506-1521), da Dinastia Ming.
  • Rara travessa em porcelana Cia. das Índias, decoração Chinese Imari. China, Qing, Kangxi (1662-1722), cerca de 1700. 33 x 23 cm. (Devido a fragilidade desse lote, seu envio só será realizado através de transportadora especializada). Chama-se Companhia das Índias a porcelana produzida na China por encomenda e com formas ou decoração ao gosto ocidental, transportada pelos navios das diversas Companhias das Índias - inglesa, francesa, holandesa, sueca etc. -, ativas entre os Sécs. XVII e começos do XIX. Nas porcelanas policromadas, ocorrem dois tipos principais de decoração: a Família Verde, surgida em fins do Séc. XVII sob o reinado do Imperador Kangxi (falecido em 1722), e a Família Rosa, caracterizada pela utilização de um esmalte de cor rósea, surgida mais ou menos em 1720 e que se estenderia por todo o reinado do Imperador Qianlong (1736-1795). Flores, pássaros e figuras humanas constituem a decoração preponderante nessas porcelanas. Além desses dois, existem, porém, outros tipos de decoração policromada, como por exemplo a Família Negra, que consiste na esmaltagem sobre fundo negro; a Café com Leite, na cor castanha, também chamada porcelana de Batávia porque era exportada através do porto de Batávia, em Java; e o Imari chinês, cuja decoração imita as porcelanas japonesas produzidas em Arita, na província de Hizen. Inúmeros serviços de jantar ou de chá e café em porcelana Companhia das Índias foram encomendados por nobres ingleses, franceses, alemães, holandeses, portugueses etc. e exibem suas armas ou brasões. De notar que os portugueses foram os primeiros europeus a encomendar à China peças de porcelana exibindo suas armas, sendo que as mais antigas remontam ao reinado do Imperador Zhengde (1506-1521), da Dinastia Ming.
  • Travessa em porcelana Cia. das Índias, decoração azul e branca com pagodes, elementos vegetais e flores. China, Qing, Qianlong (1736-1795). 30 x 37 cm. Apresenta fio de cabelo na borda. (Devido a fragilidade desse lote, seu envio só será realizado através de transportadora especializada). Chama-se Companhia das Índias a porcelana produzida na China por encomenda e com formas ou decoração ao gosto ocidental, transportada pelos navios das diversas Companhias das Índias - inglesa, francesa, holandesa, sueca etc. -, ativas entre os Sécs. XVII e começos do XIX. Nas porcelanas policromadas, ocorrem dois tipos principais de decoração: a Família Verde, surgida em fins do Séc. XVII sob o reinado do Imperador Kangxi (falecido em 1722), e a Família Rosa, caracterizada pela utilização de um esmalte de cor rósea, surgida mais ou menos em 1720 e que se estenderia por todo o reinado do Imperador Qianlong (1736-1795). Flores, pássaros e figuras humanas constituem a decoração preponderante nessas porcelanas. Além desses dois, existem, porém, outros tipos de decoração policromada, como por exemplo a Família Negra, que consiste na esmaltagem sobre fundo negro; a Café com Leite, na cor castanha, também chamada porcelana de Batávia porque era exportada através do porto de Batávia, em Java; e o Imari chinês, cuja decoração imita as porcelanas japonesas produzidas em Arita, na província de Hizen. Inúmeros serviços de jantar ou de chá e café em porcelana Companhia das Índias foram encomendados por nobres ingleses, franceses, alemães, holandeses, portugueses etc. e exibem suas armas ou brasões. De notar que os portugueses foram os primeiros europeus a encomendar à China peças de porcelana exibindo suas armas, sendo que as mais antigas remontam ao reinado do Imperador Zhengde (1506-1521), da Dinastia Ming.R$ 800,00
  • Travessa em porcelana Cia. das Índias, decoração azul e branca com pagodes, elementos vegetais e árvores. China, Qing, Qianlong (1736-1795). 25,5 x 33 cm. (Devido a fragilidade desse lote, seu envio só será realizado através de transportadora especializada). Chama-se Companhia das Índias a porcelana produzida na China por encomenda e com formas ou decoração ao gosto ocidental, transportada pelos navios das diversas Companhias das Índias - inglesa, francesa, holandesa, sueca etc. -, ativas entre os Sécs. XVII e começos do XIX. Nas porcelanas policromadas, ocorrem dois tipos principais de decoração: a Família Verde, surgida em fins do Séc. XVII sob o reinado do Imperador Kangxi (falecido em 1722), e a Família Rosa, caracterizada pela utilização de um esmalte de cor rósea, surgida mais ou menos em 1720 e que se estenderia por todo o reinado do Imperador Qianlong (1736-1795). Flores, pássaros e figuras humanas constituem a decoração preponderante nessas porcelanas. Além desses dois, existem, porém, outros tipos de decoração policromada, como por exemplo a Família Negra, que consiste na esmaltagem sobre fundo negro; a Café com Leite, na cor castanha, também chamada porcelana de Batávia porque era exportada através do porto de Batávia, em Java; e o Imari chinês, cuja decoração imita as porcelanas japonesas produzidas em Arita, na província de Hizen. Inúmeros serviços de jantar ou de chá e café em porcelana Companhia das Índias foram encomendados por nobres ingleses, franceses, alemães, holandeses, portugueses etc. e exibem suas armas ou brasões. De notar que os portugueses foram os primeiros europeus a encomendar à China peças de porcelana exibindo suas armas, sendo que as mais antigas remontam ao reinado do Imperador Zhengde (1506-1521), da Dinastia Ming.

748 Itens encontrados

Página: